Quem sou eu

Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil
Ziguezagueando por aí eu troco a pele. Fui pra lua morar!

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

O acelerador de partículas ativado ontem-Recriando o Big Bang



O acelerador, construído pela Organização Européia para Pesquisa Nuclear (Cern, na sigla em francês) em um laboratório subterrâneo na fronteira franco-suíça, perto de Genebra( tubo circular de uns 5 metros de diâmetro por 27 km de extensão) foi batizado de LHC (sigla em inglês de Large Hadron Collider - Grande Colisor de Hádrons).
A experiência foi iniciada ontem (quarta-feira/10 setembro)
O equipamento é o maior e mais complexo instrumento científico já construído, e também o mais caro - com um custo estimado em US$ 8 bilhões.
O LHC foi projetado para atirar partículas de prótons umas contra as outras quase à velocidade da luz. Os cientistas esperam que a liberação maciça de energia causada pelo choque das partículas seja capaz de recriar as condições que existiam no universo imediatamente após o Big Bang.
Em relação ao início dessa grande experiência, alguns cientistas ficaram preocupados com a hipótese dessa colisão gerar a formação de pequenos "buracos negros" que poderão sugar a matéria para o seu interior, comprimindo-a a uma força descomunal.O físico britânico Stephen Hawking afirma que não há perigo de que, ao ser acionado nesta quarta-feira, um gigantesco acelerador de partículas construído sob os Alpes suíços possa criar um buraco negro capaz de engolir o planeta (e o resto do sistema solar) em questão de minutos - como temem alguns cientistas.

/O universo em que nós vivemos está expandindo. Nós sabemos isto porque nós vemos galáxias e grupos de galáxias se deslocando no universo. Esta expansão tem ocorrido desde que o universo foi formado a 15 bilhões de anos, durante um quente e denso evento conhecido como Big Bang. Mas ainda é uma teoria.

Esta catedral subterrânea (onde caberiam várias Notre Dame de Paris) impressiona pelos números. São usados ali 9600 ímãs para forçar os feixes de protons e ions de chumbo a dobrarem as curvas deste túnel circular de 27 quilómetros de circunferência. Estes ímãs estão arrefecidos com 60 toneladas de hélio superfluido até uma temperatura ainda mais baixa do que a do espaço profundo: 271,25 graus negativos, perto do zero absoluto. É o maior frigorífico do mundo (na verdade, bastaria um oitavo da sua capacidade de refrigeração para ter esse título), mas no seu interior atingir-se-ão temperaturas 100.000 vezes superiores às do coração do Sol - embora concentradas num espaço minúsculo, inferior ao de um átomo.
E para que é que serve tudo isto? Para tentar compreender a natureza fundamental da matéria e muitas outras teorias como o tempo e o espaço.

Referências:

5 comentários:

Fernanda disse...

Bom, bom, bom....
se o "pior" acontecer...
a gente não vai saber mesmo né?
assim como dúvido que a gente vá saber se o "melhor" acontecer!
Wherever!
BJK Lica e Tashi!
IFdA

Anônimo disse...

Lica...
è incrível o que o ser humano pode criar.Uma máquina tão capaz para uma descoberta que apenas está baseado em uma teoria.Mas...
Se gasta 8 bilhões para este LINDO mecanismo e porque não se gasta este valor para investir na educação, ou salvar a humanidade da pobreza ou quem sabe salvar vidas de doenças que não existem ainda a cura? Retirar lágrimas do rosto de quem procura sentir o tal sentimento FELICIDADE ?
Realmente o mundo está se acabando e sabe porque???
No meu ponto de vista: È a falta de AMOR!!! O individualismo virou DOENÇA!
Sinto sua falta e saiba que
AmO VC meu grande PRESENTE gauchinho!
DE: Budinha girl

Lica Veríssimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lica Veríssimo disse...

Fernandinha ,e o homem segue atrás de suas perguntas.Esta teoria pra mim já está explicada ...hehehehehe
beijo do Tashi, também.

Budinha ,querida. Como tu estás guriazinha?!
Acho que tens razão com relação ás prioridades das populações pobres do mundo mas a ciência e suas descobertas trazem inúmeros benefícios principalmente na área da saúde.vamos torcer por eles.
Beijoka. Bom te ver por aqui.Saudade desta tua alegria de vida!Apereça sempre!

Ana Diniz disse...

Minha querida!

Em primeiro, para agradecer a visita e dizer que respondi ao seu comentário lá no blog.

Agora, encontro-me aqui, no seu espaço, completamente emocionada com este post. Estou acompanhando isto há muito tempo. Sou aficcionada por Astrofísica. Escrevo um romance de ficção científica e preciso de estudar estas coisas... Preciso e o faço com prazer.

Obrigada por me visitar, novamente, e por trazer a graça deste assunto e do seu espaço ao meu fim de noite.


Bjos,

Ana.