Quem sou eu

Minha foto
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil
Ziguezagueando por aí eu troco a pele. Fui pra lua morar!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Presente - Lica Verissimo

Hoje ganhei uma rosa.
Daquelas que ainda não tinha visto.
Sua cor é luminosa !

Ela é diferente !
E seus espinhos são suaves feito acariciar.

Ela chegou de presente.
Agora brilha 
No centro da sala “de estar”.

Lica Verissimo

5 comentários:

Dois Rios disse...

Oi, Lica,

Gostei da poesia.

Que a tua rosa encha de perfume a tua sala de estar.... mas sem espinhos.

Beijo,
Inês

Francine Esqueda disse...

Nossa, quanta coisa boa!!!
Primeiro quero dizer que adorei a nova capa do blog! Segundo que seus textos sempre são as escolhas certas! Por isso que adoro vir aqui! Com certeza volto logo!
Boa semana
Bjs

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço



Boa semana



Mágico beijo

João da Silva disse...

É a rosa do amor, não?
Beijinhos carinhosos!
João

Lica Veríssimo disse...

-Inês,super abraço!Os espinhos são naturalmente delicados , assim como os versos e poetas e poesias em tuas páginas .Bjs

-Francine,o teu tá bombando,amiga!Adorei O "olhar" da postagem de hoje.Os animais trazem uma doçura no olho! Beijão

-Poeta , heis que surge mais um poema nos comentários. Obrigada pela oportunidade .
Volte sempre.

-Joãozinho,que barriguinha bonita! A mulherada deve estar enlouquecida! ah .. é de amor ,sim !!
Beijinhos